Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

Ainda há tempo...

Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece” (Tiago 4:14)
Dia desses vi a postagem de uma pessoa muito querida que fazia elogios a uma determinada religião. Confesso que em meu íntimo lamentei, pois ela já ouviu falar do Evangelho de Cristo, não somente por mim, mas até mesmo por outras pessoas. Mas, infelizmente, assim como MUITAS pessoas, insiste e persiste em seguir caminhos que não levam a lugar algum. 
Acho interessante quando alguns argumentam que Deus é AMOR e que por isso, TODOS serão salvos, que ninguém será condenado, que não importa o que façamos neste mundo ainda haverá uma nova oportunidade. E, por vezes, me dizem: Eu NÃO ACHO que a bíblia esteja certa! Eu acredito em Jesus do MEU JEITO! Minha religião faz com que EU ME SINTA muito bem!” E por aí vai... As vezes argumento, outras vezes sorrio e ignoro, mudo de assunto. Porém, fico triste e lamento. Eu, hoje acredito na Bíblia como s…

PERMISSÃO ou VONTADE DE DEUS?

Tenho ouvido MUITA gente falando, aos quatro cantos, que se isso ou se aquilo aconteceu foi por PERMISSÃO de Deus. Como se isso fosse uma justificativa, que validasse o fato dando um ar de aprovação do Todo Poderoso. E confesso que isso tem me irritado MUITO, muito mesmo! Então, resolvi escrever este texto para explicar algumas coisas e também para desabafar um pouco, ok?
Em primeiro lugar quero deixar claro que TUDO o que acontece nesse mundo tem a Permissão de Deus, mas nem tudo é da vontade de Deus. Pois é, talvez você já saiba disso, ou tenha ignorado este fato até agora, mas essa é a realidade. Deus é soberano, onipotente, onisciente e onipresente. Nada lhe escapa ou foge ao seu controle. A questão é que ELE nos deu o LIVRE ARBÍTRIO. Somos livres para fazermos nossas escolhas, MAS somos escravos das consequências. 
Recentemente, tivemos eleições para vários cargos políticos e uns ganharam e outros perderam (óbvio!), mas alguns dos que ganharam, assim como vários de seus eleitores, …